CIFA

8 de Março | Dia Internacional da Mulher

Algumas datas foram significantes no processo que culminou na determinação de eleger o dia 8 de Março como Dia Internacional da Mulher.  Foi um longo processo de caminhada deste importante movimento, que hoje vivemos de forma mais relevante e cada vez mais necessário.

Um dos principais motivos foi que em 8 de março, no ano de 1917, um protesto intitulado de "Pão e Paz" foi realizado por mais de 90 mil mulheres na Rússia em busca de melhores condições de trabalho no setor têxtil e também contra a participação da nação na Primeira Guerra Mundial. Esse ato foi tão importante que desencadeou a Revolução Russa e posteriormente a deposição do czar Nicolau II.

Em 1921, o recém nomeado primeiro-ministro da União Soviética, Vladimir Lenin, reconhecendo a importância do movimento, proclamou o dia da realização da marcha, 8 de março, como sendo o Dia da Mulher. 

A internacionalização do dia 8 de março só veio ocorrer nos anos seguintes, quando a data se espalhou pela Europa e Estados Unidos. A partir da década de 60, o movimento feminista o transformou em um grande evento. Mas foi somente em 1975 que uma resolução da ONU propôs a comemoração da data em todos os países no formato que conhecemos atualmente.

Para nós, Franciscanas-Aparecida, o ano de 1975 sempre será bastante emblemático, pois uma Mulher forte, em seus propósitos de fé e ideais, partiu para a morada eterna junto ao Nosso Mestre Jesus Cristo. Madre Clara foi uma Mulher visionária, sensível ao seu tempo sob muitos aspectos. Junto a Frei Pacífico de Belleveaux, fundou uma Congregação genuinamente brasileira, com a Missão de estar sempre em apoio aos mais pobres e desprotegidos, os sem vez e sem voz. Conheça mais dessa história em https://bit.ly/3kKz1rp .

Graças a esta Mulher inspiradora, a Congregação das Irmãs Franciscanas Aparecida (CIFA), vem trilhando seus 92 anos de história, estando presente em diversas regiões do Brasil, na Bolívia e na Guiné-Bissau, sempre seguindo a diretriz inicial, Missionária e Visionária, de nossos fundadores.

Ainda estamos longe de estabelecer direitos iguais entre homens e mulheres. É certo que já avançamos muito e assim continuaremos enquanto sociedade. Que neste 8 de Março estejamos unidos, homens e mulheres, no avanço da legitimação dessa igualdade e respeito que todos queremos. E que nos demais dias do ano, continuemos protegendo e estimulando incessantemente esses ideais.

Feliz Dia Internacional da Mulher!